CONTRIBUA COM A NOSSA MISSÃO:

CONTRIBUA COM A NOSSA MISSÃO:

Conta Corrente: n° 11.817-6 - Agência: 1369-2 (Banco do Brasil).
Seja um doador da "Casa da Sopa":
Doe Cadeiras plásticas, alimentos não perecíveis, pães, detergente, sabonetes, toalhas de banho e de rosto, roupas usadas, material de enfermaria (soro fisiológico, gases, algodão, luvas, alcool, etc), outros utensílios de cosinha e higiene(escova de dente, creme dental, estojo de barbear).
Faça também sua contribuição em dinheiro através de depósito bancário em nossa conta corrente no Banco do Brasil.

sábado, 21 de junho de 2014

Psicografias: "A trave que está em vosso olho" e "Convite:Santificando-se no trabalho"

 "A trave que está em vosso olho"

"'Olhai'..., 'Buscai'..., '...a trave que está no vosso', '...porque olhando, não veem'...
Dedicou O Senhor inúmeras passagens à busca, à visão, à cegueira espiritual ou moral, nos seus anos de ensino pela vivência.
E muito há para ver, no atual instante de nossa Casa e nos eventos mais recentes que vos inquietaram.
Ver o que está faltando, ou faltou, não no outro mas em nós. Orei o bastante? Refleti o bastante? Colaborei, servi o bastante? Amei? Onde estavam os meus ouvidos, minha fala, meu toque, meus olhos quando vieram os momentos de desafio? Falhei com a Casa? Com a causa?
Se a resposta nos for desfavorável, à luz da própria consciência, retomemos com mais vigor o arado, a charrua, o bornal onde guardarmos as sementes da bem-aventurança, para servir mais.
É forte a investida das trevas, dos infelizes e dementados, nesta hora, contra todas as instituições do bem e contra os que, nelas matriculados, buscam se reconstruir.
Não esmorecer, nem desanimar. Olhar a vida, o mundo, refletir profundamente sobre suas ilusões e arrastamentos, até entender onde estão a vida verdadeira e a felicidade mais proveitosa ao nosso espírito...

Recomendando-nos a união do feixe de varas, vos deixamos a rememoração do nosso afeto e carinho para convosco."

"Convite: santificando-se no trabalho"

"Dentro da fieira natural das nossas dificuldades na vida, é preciso perquirirmos se são mesmo de monta a nos afastar das tarefas dantes abraçadas com fervor e fé.
A oportunidade de perseverar nos serviços do bem, em meio às constrições de tempo, dinheiro, saúde, lugar etc. é assaz valiosa para o cristão, que, em optando pelo maior sacrifício, vence uma primeira de tantas provações que o candidatarão a maior cota de responsabilidades espíritas ou espiritualistas, nesta ou numa outra vida.
Foi, por exemplo, na liça das angústias e do depauperamento pessoal completo que Saulo de Tarso, Francisco de Assis, Antônio de Pádua, Irmã Dulce, Bernardo Bonaventura e outros se irmanaram a Cristo, santificando-se no trabalho.
O convite atemporal é da mesma natureza, para nós hoje, como para aqueles ontem, conforme, naturalmente, o roteiro de vida de cada um.
Nunca desertar, nunca esmorecer.
Com cristo, sempre.
João."

Nenhum comentário:

Postar um comentário